Archive | abril 2013

Todos queremos ser felizes, mas o que compõe a felicidade?

Rapidamente. Hoje estava batendo um papo com uma amiga, quando me ocorreu a dúvida sobre o que nos leva a querer bater papo.

Em minha tentativa de entender este processo social, me peguei com outra pergunta: Como ser feliz profissionalmente?

Bom, o assunto é vasto, mas ao menos tempo, simples. Menos é mais, sempre.

Acontece que para sermos felizes, devemos compreender a relação entre alegria, sedução, e interesse.

  • Alegria é um sentimento de satisfação, e geralmente passa rápido.
  • Sedução são as ações que alguém toma para nos envolver em seus propósitos.
  • Interesse é a sensação de necessidade ou curiosidade que temos sobre algo.

Estas são definições minhas. Eu geralmente consulto o dicionário antes de me comprometer com a explicação de algo, mas desta vez, preferi deixar minha intuição no comando.

Como estas três sensações (alegria, sentir-se seduzido, ter interesse) compõem a felicidade profissional? A meu ver, temos de ter interesse em participar de algo, e ser seduzidos por alguém ou por algo, a participarmos.

Temos de ter interesse em ganhar dinheiro, em aprender mais, em nos destacarmos, em descobrir coisas novas, e em desenvolver novas soluções para a humanidade.

Temos de ser seduzidos a utilizar ferramentas, a interagir com nossos colegas, a nos vestir bem, a nos comportar bem, a ensinar, aprender, e até mesmo a comparecer diariamente ao local de trabalho.

É possível que façamos tudo, e mais, que listei acima, sem interesse e/ou sem sermos seduzidos, e é aí que o ciclo se quebra.

Fazer algo sem interesse ou sem sermos seduzidos, não traz alegria. O resultado torna-se algo muito industrializado, como a clássica imagem do funcionário público batendo o carimbo de forma automatizada, apenas esperando pelo fim de seu expediente, para no outro dia, seu martírio recomeçar.

Então, meus amigos, interessem-se em seduzir, e seduzam a si mesmos. Quando começarem a ter alegria em suas funções, seus colegas se contagiarão por ela, e um ciclo virtuoso será iniciado.

Simples, não é? Até a próxima!

Anúncios